Mostrando postagens com marcador Conscienciologia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Conscienciologia. Mostrar todas as postagens

COMUNIDADE CONSCIENCIOLÓGICA COSMOÉTICA INTERNACIONAL


O CEAEC é uma das instituições conscienciocêntricas que formam a Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional (CCCI).
A CCCI é o conjunto de habitantes ou população das Cognópolis (Cidade do Conhecimento), da sociedade de pessoas conectadas pelos vínculos conscienciais da Conscienciologia. É o complexo comunitário conscienciológico, um mutirão permamente, a integração demográfica conscienciológica. Formada por pesquisadores, voluntários, professores, Instituições Conscienciocêntricas (ICs), Colégios Invisíveis da Conscienciologia e empresas conscienciológicas a cidade do conhecimento existe, hoje em Foz do Iguaçu, formada por centenas de pessoas e outra se formando em Évora Monte, Portugal.

AIEC  AIEC
Associação Internacional para Expansão da Conscienciologia
 Instituição que objetiva fomentar, apoiar e executar os diferentes projetos da Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional.
 
 APEX
Associação Internacional de Programação Existencial
 Sua finalidade é a pesquisa e a educação sobre o propósito existencial e a evolução pessoal e grupal, a partir do paradigma consciencial.
 

Conscienciologia em Rondonia


Porto Velho, Rondônia - O advogado e membro do Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC), Geraldo Tadeu, foi também entrevistado nesta quinta-feira (16) do programa A Voz do Povo, na rádio Cultura FM 107,9 apresentado pelo jornalista e advogado Arimar Souza de Sá.
“A Conscienciologia é a ciência que estuda a consciência – ser, ego, alma, self, princípio inteligente – e suas diversas formas de manifestação. A consciência é você, um ser vivo autoconsciente que se manifesta em outras dimensões fora da vida humana”, disse ao abrir a entrevista.
Segundo ele, “a Conscienciologia estuda a consciência "inteira", considerando todos os seus corpos, dimensões e existências, em um enfoque integrado. A consciência é a nossa realidade maior, mais do que a energia e a matéria, outras de nossas realidades. Nossa consciência não é o corpo físico nem um subproduto do cérebro humano. Na realidade, podemos nos manifestar além do corpo humano e, portanto, do cérebro. Esse fato pode ser verificado através das experiências fora do corpo”.
Ele também explicou que “há uma diferença técnica entre o sonho e a projeção de pensamento. O sonho é uma coisa irreal e ilógica. Nós estudamos isso de forma científica, que é algo factível. Nós trabalhamos com o princípio de que a pessoa deve duvidar de tudo. A energia permeia tudo. Por exemplo, você encontra uma pessoa na rua, e, à primeira vista, não simpatiza com ela. É a energia o primeiro cartão de visita”.
Segundo ele, a ciência convencional não estuda esses fenômenos, pois não há interesse e não gera lucro. “Hoje, se usa apenas 10% da capacidade cerebral. Por isso que é preciso se trabalhar os fenômenos da paranormalidade”, declarou.
Outro tema abordado foi a projeciologia. “A Projeciologia é um subcampo ou especialidade da ciência Conscienciologia, que estuda as projeções da consciência para fora do corpo físico, ou seja, as ações da consciência em dimensões não físicas, livre do restringimento do corpo biológico. A ciência Projeciologia também investiga outros fenômenos projeciológicos, tais como: bilocação, clarividência, experiência de quase-morte (EQM), intuição, precognição, retrocognição, telepatia, entre outros”, informou.

Triton

Livro O que é conscienciologia?

 

Colégios Invisíveis da Conscienciologia



Definição. O Colégio Invisível é um grupo de pesquisadores trabalhando numa linha de conhecimento ou especialidade científica. É a organização grupal não institucionalizada de uma ciência. É a comunidade científica multidimensional, informal com vínculo consciencial pela idéia a ser pesquisada e implementada na prática pela coordenação da comunicação efetiva (eficiente e eficaz) e encontros assíduos entre seus membros.
Sinonímia. Clã Mentalsomático; Colégio ciberespacial; Comunidade científica informal; Comunidade científico-filosófica multidimensional; Corporação não-institucional de pesquisadores; Grupocarma intelectual; Grupo com vínculo mentalsomático; Grupo multidimensional, multinacional, multi-institucional, multi-étnico de pesquisadores empenhados; Organização científica não institucional; Nicho evolutivo científico; Rede de comunicação informal de pesquisadores; Teia multidimensional da Pesquisa.
Antonímia. Grupo esotérico; Grupo iniciático; Seita; Sociedade secreta; Sociedades científicas tradicionais; Associação formal de pesquisadores.
Etimologia. O termo "colégio invisível" (entenda-se: sem edifício nem paredes) é de Robert Boyle (1627-1691). Termo muito utilizado no século 17 e foi o predecessor informal da Royal Society.
Colégios Invisíveis da Conscienciologia. Reunião, através de vínculo consciencial pela idéia, de pesquisadores em torno das especialidades da Conscienciologia para realizar otimizações nas pesquisas conscienciológicas através de contatos assíduos (multidimensionais, virtuais e presenciais) visando a comunicação efetiva de suas investigações. Estes Colégios Invisíveis estão além de qualquer instituição e compostos por pesquisadores independentes e de várias instituições conscienciocêntricas.
Especialidade. O estudo dos Colégios Invisíveis está relacionado com a Conscienciocentrologia. Através do paradigma consciencial, as organizações sociais das consciências tendem a serem multidimensionais, universalistas e centradas na consciência. O funcionamento suprainstitucional e até melhor transinstituicional dos Colégios Invisíveis é uma evidência do processo conscienciocêntrico.
Exemplos de Colégios Invisíveis da Conscienciologia e alguns pesquisadores afins: Eis alguns Colégios Invisíveis prioritários entre os 70 possíveis:
  1. Colégio Invisível da Assistenciologia: participantes do GPC (Grupo de Pesquisa Consciencial) Tenepes e Tenepessistas.
  2. Colégio Invisível da Comunicologia: participantes do CINEO (Conselho Internacional de Neologística), alunos do curso de autores e pesquisadores voluntários da COMUNICONS.
  3. Colégio Invisível da Conscienciologia: conscienciologistas e pesquisadores do paradigma consciencial nas abordagens científicas da consciência.
  4. Colégio Invisível da Conscienciometria: pesquisadores do Grupon (Grupo de pesquisa de ponta) Conscienciograma, grupo do curso Autoconscienciometria e pesquisadores voluntários da CONSCIUS.
  5. Colégio Invisível da Consciencioterapia: pesquisadores voluntários da OIC e terapeutas afinizados com paradigma consciencial.

CONSCIENCIOLOGIA NA GESTÃO PÚBLICA

Neste artigo são apresentados conceitos básicos para entendimento do paradigma da ciência Conscienciologia de modo a promover discussão sobre mudanças pessoais e a reflexão na estrutura e razão de ser do Estado atual, enquanto modelo social fundamentado no domínio do uso da força física para outro modelo evoluído voltado para o aperfeiçoamento da civilização humana.
 Por Anibal Picanço Bentes*

Inicio este artigo apresentando as Ciências Conscienciologia e Projeciologia e os conceitos dos seguintes neologismos: pensene, proéxis, cosmoética, e parapsiquismo para melhor entendimento dos argumentos ao longo do texto. 
Conscienciologia – A Conscienciologia é neociência proposta em 1994 com a publicação do Tratado 700 Experimentos da Conscienciologia pelo médico e pesquisador Waldo Vieira com objetivo de estudar a consciência (id, alma, ego, espírito) em uma abordagem integral, holossomática (holo = conjunto, soma = corpo, ou seja, estuda outros corpos além do corpo físico), multidimensional (estudo de outras dimensões além da dimensão física ou intrafísica) bioenergética (estudo das energias e de técnicas energéticas) e projetiva (a realidade da projeção fora do corpo). 
Projeciologia – A Projeciologia é neociência proposta em 1986 com a publicação do Tratado Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano pelo médico e pesquisador Waldo Vieira, e tem como principal objeto de estudo o fenômeno da Projeção Consciente (viagem astral, desdobramento, experiência fora do corpo) e as relações multidimensionais do ser humano. A Projeciologia estuda também as interações energéticas entre as pessoas através das energias conscienciais (geradas pelos pensamentos e sentimentos) e interações entre as pessoas com as energias imanentes (energias da natureza) e dos ambientes. 
Pensene – Pensene é a união do pensamento + sentimento + energia da consciência, é neologismo da Conscienciologia para exprimir a unidade básica de manifestação da consciência. A todo instante a consciência emite um padrão de energias pessoais qualificado pelo teor de seus pensamentos e sentimentos. A consciência penseniza o tempo todo, ou seja, elabora pensamentos, sentimentos e emite ao seu redor (campo energético) composto de energias sadias ou patológicas.

Irritação e Taquirritimia - Waldo Vieira (Conscienciologia)


Irritação e Taquirritimia - Waldo Vieira (Conscienciologia) by sofavoritosdanet

Curso TENEPES E PROÉXIS (Ensino à Distância)



­­Curso
TENEPES E PROÉXIS

(Ensino à Distância)




Qual a razão do proexista considerar a tenepes como uma prioridade na sua proéxis?

A Tarefa Energética Pessoal – TENEPES é técnica preferencial na vida intrafísica com repercussão direta na evolução consciencial pessoal, sendo uma técnica individual de transmissão de energia assistencial, auxiliada por amparador extrafísico. É um meio de se trabalhar a programação existencial e que facilita em alto nível a interassistencialidade, indispensável para aqueles que almejam o completismo existencial.

A convergência de esforços no cumprimento da proéxis faz da Tenepes uma meta lógica e um caminho natural para quem pretende alcançar outros degraus na evolução.

O curso Tenepes e Proéxis visa apresentar conceitos e ideias para o desenvolvimento pessoal na busca de maior compreensão e realização das metas de vida relacionadas a interassistencialidade.


OBJETIVOS:
1. Esclarecer os fundamentos da Tenepes.
            2. Compreender as interações entre a Tenepes e a Proéxis.
            3. Aprofundar a compreensão da Proéxis através da interassistencialidade.
            4. Estimular a qualificação da Tenepes.


DIFERENCIAIS:

Por que optar pelo Ensino à Distância (EAD)?
Custo-Benefício. Preço acessível e sem custos de deslocamento;
Facilidade. Acesso de qualquer local que possua Internet;
Tutoria. Acompanhamento e orientação de especialistas em Proexologia;
Interatividade. Aulas expositivas transmitidas on line e ao vivo, possibilitando que os alunos tirem suas dúvidas de maneira interativa com o professor;
Disponibilidade. Material didático e acesso as aulas expositivas disponível 24 horas no Portal do curso;
Perfil dos Participantes. Oportunidade para conhecer e interagir com os colegas do curso.


PÚBLICO ALVO:
Interessados na Assistencialidade através da técnica da Tenepes, desenvolvendo os conceitos segundo a Conscienciologia e a Proexologia. Curso sem pré-requisito.




INVESTIMENTO: R$ 180,00

INSCRIÇÃO: Após a inscrição do formulário de atendimento

Opção 1: Pagamento por cartão de crédito:
Diretamente através do PagSeguro no site da APEX (www.apexinternacional.org).
Como? Basta preencher o Formulário de Interesse e clicar no link específico do PagSeguro.

Opção 2: Depósito em conta corrente
APEX – Associação Internacional da Programação Existencial
CNPJ - 08.678.121/0001-07
Banco Itaú (341)
Agência: 3839
C/C: 52380-4

OBS: Enviar fax (45) 3525-2652 ou e-mail para vendas@apexinternacional.org com as informações básicas do(s) aluno(s) e o comprovante do depósito.

INFORMAÇÕES:
Recepção do CEAEC/APEX - (45) 3525.2652



Qualquer dúvida, favor entrar em contato.

Atenciosamente,


Wildenilson Sinhorini
Professor e Coordenador Financeiro da APEX
wildenilson.sinhorini@gmail.com
Cel.: (45) 9912.8648
Skype: wildenilson

O que é assédio interconsciencial?


ASSÉDIO INTERCONSCIENCIAL É A INVASÃO
OU INTRUSÃO DOENTIA DE
IDEIAS, EMOÇÕES E ENERGIAS DE
UMA CONSCIÊNCIA NA OUTRA.
Tal intrusão ocorre de 4 maneiras distintas: de uma consciência
extrafísica para outra consciência também extrafísica; de
uma consciência extrafísica para outra consciência intrafísica; de
uma consciência intrafísica para outra consciência também intrafísica; e de uma consciência intrafísica para outra consciência extrafísica (rara).
Portanto, existem assédios interconscienciais extrafísicos
e assédios interconscienciais humanos.
O assédio interconsciencial é a doença ou distúrbio mais comum
aos seres humanos. Incide mais sobre os nossos cérebros do
que as cáries em nossos dentes. E seus efeitos doentios são muito
piores, os mais prolongados e devastadores de todos os distúrbios
e patologias existentes.
O assediador extrafísico é igual à sombra do soma da conscin:
muda de lugar, e altera a forma com que se apresenta, conforme
o ambiente (dimensão) e a hora circunstancial (momento do destino).

Você é organizado?


A coerência de nossas ações, planejadas no tempo e no espaço da
vida humana, está entre as mais legítimas demonstrações de maturidade
consciencial.
A premissa inteligente, neste caso, é o fato de que todo excesso
tende a prejudicar a organização evolutiva da consciência.
O monstro existe porque é excessivo de algum modo.
A teratologia é crescimento anormal, patológico, de algo que devia
ser normal e sadio.
Faltou, no contexto, a organização dos efeitos entrópicos.
Moderação é inteligência madura.
Radicalismo é ignorância crassa.
Se a consciência humana esquece a multidimensionalidade, ela
perde as 8 horas de sono diário necessárias ao soma, mas desnecessárias
à consciência.
Quem permanece se projetando extrafisicamente, com lucidez, o tempo
todo, pode acabar se alienando das obrigações naturais da vida
intrafísica e da execução da proéxis.
A projetabilidade lúcida tem suas regras lógicas e sábias.
Conjugar tempo, espaço e esforço, através da organização pessoal,
evidencia o discernimento maior do ego.
Fora disso, só existem imaturidades.
Nossa organização pessoal importa mais que a organização alheia.
Empurrar com a barriga é autocorrupção primária.
Não ter pontualidade nos compromissos é mau negócio.
Deixar-se viciar por alguma paixão animal pode ser suicídio lento.
Priorizar é o caminho ideal para se agilizar a autevolução.
Organizar se é diminuir repetições de vidas humanas e automimeses
dispensáveis.
Questionar é evoluir.
Veja o gabarito da sua organização através das respostas a perguntas-
teste simples.
Vivo supervalorizando atividades secundárias no todo dos meus
atos?
Conduzo minhas coisas em conjunto, ao mesmo tempo, de eito,
sem deixar rastro negativo para trás?
Termino corretamente meu esforço social, intelectual ou esportivo
bem começado?
A estrutura disciplinar de minha vida é a que melhor corresponde
aos objetivos da organização consciencial?
Sou organizado, em meus horários, a ponto de saber quando devo
parar, na hora certa, para recomeçar no dia seguinte?
Aplico excessiva paixão naquilo a que me dedico?
Desempenho diversas tarefas simultaneamente sem negligenciar
nenhuma, cumprindo novos deveres sem passar por cima de certas
obrigações antigas?
Minhas priorizações são inteligentes ou podem ser aperfeiçoadas?
Venho cumprindo minhas atribuições e objetivos existenciais e evolutivos
na Sociedade Humana?
Sei conviver com a Biologia do corpo físico a fim de não sacrificá-
lo?

Há 10 questões sem respostas para a Ciência convencional

Há 10 questões sem respostas para a Ciência convencional
Qual a extensão do Universo?
O caos comanda o Cosmos?
O que dirige o clima?
Como a vida começou?
Há inteligência extraterrestre?
Como 1 simples célula torna-se 1 corpo inteiro?
Quem povoou a Terra?
Quantos seres humanos comporta a Terra?
Podemos ficar livres, em definitivo, das doenças?
E, por fim: o que é consciência?
O paradigma consciencial ou o holopensene da Conscienciologia
vem pôr em plano secundário, com lógica, certas abordagens simplistas
ou superficiais das Ciências convencionais, notadamente das escolas
mecanicistas de Psicologia, vigentes em 1994.
Os estudiosos convencionais procuram entender apenas a evolução
biológica do ser humano, negligenciando o entendimento muito mais
importante e útil da evolução da consciência integrada, ou a pesquisa
da Conscienciologia, muito mais ampla, em si.
Interessam-se tão-só pelas maturidades biológica e mental da personalidade,
ignorando a mais relevante, a maturidade consciencial integrada,
pluricorporal, multiexistencial, multidimensional e multimilenar,
ou a holomaturidade.
Analisam só o corpo humano isolado, ignorando os outros veículos
de manifestações da consciência, o holochacra, o psicossoma e o mentalsoma
em conjunto.
Perscrutam a vida consciencial como sendo tão-só a efêmera existência
humana, ignorando as outras dimensões conscienciais extrafísicas
no estado da multidimensionalidade e os períodos intermissivos entre
uma vida humana e outra.
Estudam as entradas dos sentidos e sensações no cérebro humano,
mas ignoram as parapercepções da consciência, relativas ao conjunto
dos veículos ou o holossoma.
Investigam os pensamentos, os sentimentos e as bioenergias da
pessoa em separado, abordando um por um destes elementos, sem ter
alcançado a noção prática do pensene.
Abordam os 5 sentidos básicos do corpo humano ou as já conhecidas
37 entradas sensoriais diferentes, dentro do cérebro humano, em
separado, uma por uma, ao invés de um enfoque conjunto, porque a conscin,
ou consciência intrafísica emprega os seus sentidos ao mesmo tempo,
sempre, e sem qualquer outra saída.
Pesquisam tão-só a atual vida humana do soma da pessoa, sem
cogitar das existências anteriores da consciência ou da sua extensa
e diversificada seriéxis.
Consideram o Homem, ou a consciência humana, como sendo o próprio
corpo de células, dentro das abordagens ortodoxas ou puristas do
fisicalismo ou materialismo.
A Conscienciologia é a ciência mais completa quanto ao estudo da
consciência. Isso acontece muito além dos estudos já existentes e das
metas propostas pela Psicologia, a Psiquiatria, a Psicoterapia e a Antropologia;
sem falar de outras inúmeras áreas das pesquisas humanas.

Técnica da Projeção Lúcida Vexaminosa

Técnica da Projeção Lúcida Vexaminosa

1.Amor. O alumbramento do amor puro há de crescer cada vez mais acima do que fazemos e com o que nos preocupamos. Está é a essência da cosmoética, policarma, serenismo e evolução consciencial. O amor puro entende e cede. Não chora.
2.PC. Na condição de projetor, este autor, se pudesse pedir, pediria aos amparadores para dar a todos aqueles, que já entendem, 2 semanas de Projeciologia, 1 só PC assistida, vexaminosa ou envergonhativa. Ainda mesmo que muito curta e só 1 vez.
3. Compaixão. Assim veriam com os paraolhos, vivenciando por si próprios, a compaixão da assistência direta às legiões de consciexes desesperadas e sem amor.
4.Egoísmos. Todos sentiriam mais amor real, em si próprios, através da bênção da vergonha de se reconhecerem muito egoístas em suas aflições e falsos reclamos.
5.  Contradição. O mais envergonhador, na PC vexaminosa, é reconhecer o nosso choro de bilionários do conhecimento libertário, contraditório em relação às legiões de consciexes ou seres imaturos, desestruturados em suas emoções, sombras vivas nas dimensões extrafísicas dos desesperadosdeste Planeta-Escola-Hospital.
6. Mentalsoma. Amor é saúde. Ódio é doença ou falta de evolução. Só se desespera quem odeia. Só sofre quem não metaboliza o amor puro pelo mentalsoma.
7.Abnegação. A experiência do verdadeiro amor é personalíssima. O amoré paciente e espera. Ajuda, na dose certa, em tarefas de abnegação e renúncia (tares).
8. Amparadores. Os amparadores amam. Daí por que não promovem violentações, estupros evolutivos, PCs constrangedoras ou vexaminosas, indiscriminadamente.
9. Patologia. Viemos à vida humana para sermos felizes, amar e ter prazer. Quem ama não sofre. O que faz sofrer é o desamor, a patologia do ódio ou os caprichos. Quem ama, de fato, não reivindica, não censura nem vive na insegurança dos ciúmes; compreende, perdoa sempre, renuncia com alegria, harmoniza, pacifica e se beneficia.
10. Sorriso. É vergonhoso a gente chorar por amar e ver as outras pessoas, a quem mais amamos, chorarem por amar. E o pior de tudo nesse quadro: às vezes, chorarem por nos amar. Amor é sorriso e não lágrimas. Quem diz amar e somente chora, não ama. Apenas odeia. E odeia, em primeiro lugar, a si próprio: é o auto-ódio.
11. Megadiscernimento. O egocentrismo infantil e o egoísmo adulto exigem exclusivismo e reclamam a posse de outrem ou de algo. Ódio é sectarismo. O amor é universalista, cósmico e sem fronteiras. O amor sabe, por que tem o megadiscernimento.
12. Realidades.Por aí vemos quão difícil é assimilar as realidades extrafísicas que vivenciamos através das PCs na Terra. As consciências sentem o amor sadio dos Serenões e o ódio patológico das consciexes perturbadas. Contraditoriamente, multidões escolhem o pior, pervertem o amor, ao invés de analisar e verem que elas mesmas amam, querem e precisam amar ainda mais. Quem ama não tem problemas complexos, descomplica, alivia, soluciona, enriquece e doa. O amor puro está acima de tudo.


Waldo Vieira.

700 Experimentos da Conscienciologia (1994).
Página 404, capítulo 340.

Lista Cronológica de temas das tertúlias

Lista Cronológica de temas das tertúlias:
001. Abertismo consciencial (Evoluciologia; Homeostático) - 09/08/2005.
002. Abordagem consciencial (Experimentologia; Neutro) - 10/08/2005.
003. Parateática (Experimentologia; Homeostático) - 12/08/2005.
004. Baratrosfera (Extrafisicologia; Nosográfico) - 16/08/2005.
005. Agente retrocognitor (Mnemossomatologia; Homeostático) - 17/08/2005.
006. Reversão existencial (Recexologia; Homeostático) - 18/08/2005.
007. Assinatura pensênica (Pensenologia; Neutro) - 19/08/2005.
008. Porão consciencial (Intrafisicologia; Nosográfico) - 20/08/2005.
009. Antiespecialidade conscienciológica (Parapatologia; Nosográfico) - 21/08/2005.
010. Interação essência-acidente (Mentalsomatologia; Nosográfico) - 23/08/2005.
011. Surpreendência (Conviviologia; Neutro) - 24/08/2005.
012. Sinalética parapsíquica (Parapercepciologia; Homeostático)
013. Central Extrafísica de Energia (Extrafisicologia; Homeostático) - 26/08/2005.
014. Força presencial (Intrafisicologia; Neutro) - 27/08/2005.
015. Megatrafor (Homeostaticologia; Homeostático) - 28/08/2005.
016. Paraprocedência (Extrafisicologia; Neutro) - 30/08/2005.
017. Ponteiro consciencial (Holomaturologia; Homeostático) - 31/08/2005.