ECONOMIA COM PLACA-MÃE


ECONOMIA COM PLACA-MÃE


Usuários iniciantes e aqueles que estão totalmente afastados do hardware não sabem, mas a maioria dos PCs vendidos no Brasil são equipados com placas de  PC Chips, que é a marca mais barata e de pior reputação no mercado. Um pouco melhores são as marcas ECS e ASRock.

Marcas de melhor qualidade são Intel, MSI, Asus, Abit, Gigabyte, Soyo. Mas esses fabricantes sempre produziram modelos mais caros.

Felizmente, hoje, é possível encontrar modelos de vários desses fabricantes – com vídeo, som e rede onboard, slot AGP e três slots PCI – por cerca de R$ 250, ou seja, apenas R$ 70 mais caras que as placas PC Chips, o que não é em comparação com o preço final do computador.

O vídeo onboard não é ideal para quem gosta de jogos 3D, porém, é mais que suficiente para aplicações normais. A A7N266, por exemplo, da Asus, tem essas características, suporta até um Athlon XP 2600 e seu vídeo onboard tem desempenho quase igual ao de um chip GeForce2. Não produz aqueles gráficos incríveis encontrados nas lan houses, mas dá para usar. E custa cerca de R$ 250 no varejo.

Outros fabricantes como Abit, Soyo e Gigabyte oferecem placas no mesmo patamar de preço. Não existe mais razão para adotar placas de baixa qualidade só por causa do preço. Temos, agora, preços acessíveis em placas de fabricantes de melhor reputação.