Edição de Fotos

Existem vários sites bons para editar fotos on line e você economiza tempo em querer ficar entendo o photoshop.
Indico a Vocês :
Picnik
BeFunky
Pikipimp
fotoflexer
Pixlr
                         E o melhor, não é necessário se cadastrar...

GIF Hotels 336x280

Site de Texturas

Um ótimo site para quem precisa de uma foto de textura, para fundo de blog, trabalhos de escolas ou até mesmo papel de parede.
Texturas



Curso de Mágica



Antes de mais nada, tenha em vista que a maior parte das grandes ilusões têm no seu
processo, passos simples e até mesmo de certa forma ingênuos. Deparamo-nos primeiramente
com o efeito, para por fim, desvendarmos seu mecanismo de funcionamento. Nesse momento,
às vezes nos decepcionamos, pois inconscientemente cremos que todo grande efeito tem por
trás um aparato enorme, com um mecanismo de execução complexo. Na verdade, o que
importa é o grande efeito percebido pelo público ou por quem observa a ilusão sendo

realizada. Não se esqueça que para que a boa ilusão exista, é necessário o mágico, o
prestidigitador, o ilusionista, ou ainda, o “carinha que faz truques”. Como ele é chamado, não
faz muita diferença. A diferença está realmente no seu conhecimento do que está por trás dos
bastidores do ato mágico e no tempo de treinamento despendido, para fazer da ilusão, um ato
que encanta a todos. Parafraseando um velho ditado mágico: “Sempre que deparamos com um
produto mágico, logo pegamos todas as peças e muitas vezes vemos que aquilo que
sonhávamos acontecer nada mais era que um simples truque, uma montagem. Mas o que
temos que entender é que o importante é aquilo que o público vê, ou seja, o efeito final,
independentemente de como ele é feito.”
Nick Morgan – Mágico Americano
P2chat.com 4
A INCRÍVEL MÁGICA DA CÉDULA RASGADA
EFEITO
O mágico pega uma cédula de dinheiro de qualquer valor de uma carteira ou mesmo
emprestado de qualquer pessoa. Mostra-a para todos, dobrando-a ao meio. Apanha então um
cartão telefônico ou uma carta de baralho qualquer e começa a forçá-la contra a nota, até que
consegue perfurá-la. Não satisfeito, acaba de rasgá-la do meio até uma das extremidades,
utilizando o cartão como se fosse um estilete afiado. Para surpresa de todos, no final, a nota
aparece totalmente reconstituída, sendo entregue ao seu dono.
MATERIAL NECESSÁRIO
Dois cartões telefônicos idênticos (ou duas cartas de baralho de mesmo naipe e
número); cédula de dinheiro (preferencialmente nova por ser mais fácil fazer vinco) ; lixa de
unha ; tesoura ; fita adesiva dupla face.
PREPARAÇÃO DO MATERIAL E SEGREDO MÁGICO
1. Inicialmente é necessário a preparação do cartão telefônico ou carta de baralho que
será utilizada. Iremos trabalhar como se fôssemos preparar um cartão telefônico, pois
é um artigo que todos tem no bolso e que não levanta suspeitas. O mesmo
procedimento deve ser feito para se preparar a carta de baralho, caso se queira
trabalhar com esta última. O segredo mágico está justamente na preparação dessas
peças.
2. Pegue um dos cartões telefônicos e com o auxílio de uma tesoura, corte-o
aproximadamente ao meio.
3. Use a lixa de unha para reparar qualquer rebarba que possa estar aparecendo.
P2chat.com 5
4. Pegue uma das partes do cartão cortado e sobreponha-o por cima do outro cartão
inteiro, de forma que os desenhos coincidam. Veja se o conjunto está natural, de forma
que o cartão cortado possa passar despercebido.
5. Em alguns casos, dependendo do desenho do cartão, o corte pode não ser possível ser
feito exatamente no meio do cartão (em alguns cartões com desenho claro, o corte fica
aparecendo). Neste caso, tente cortar seguindo as bordas do desenho. Na ilustração
fica mais fácil entender.
Observe no cartão de baixo que o corte foi feito contornando-se a garrafa e acompanhando o
quadriculado do plano de fundo da foto.
6. Junte os dois cartões pela borda, no lado da altura com a fita adesiva dupla face
(encontrada em qualquer boa papelaria). Não se esqueça de fazer coincidir os
desenhos dos cartões!

P2chat.com 6
A figura acima mostra como devem ficar os cartões sobrepostos, já unidos pela fita adesiva dupla
face. O cartão cortado deve ficar por cima do cartão inteiro.
7. O aparato já está pronto para funcionar. Vamos agora à rotina, que pode ser mudada
ou adaptada, à critério do ilusionista.
ROTINA
1. Peça emprestada uma cédula de dinheiro e uma carta de baralho.
2. Como em geral NINGUÉM sai de casa com uma carta de baralho no bolso, diga que
usará como paliativo um cartão telefônico que encontra-se previamente em seu bolso
ou carteira.
3. Pegue a nota de dinheiro e dobre-a no sentido do comprimento, de forma a formar um
vinco.
4. Pegue o cartão telefônico e comece a esfregá-lo no centro da nota –no sentido do
vinco formado-, simulando fazer uma certa força para perfurá-la.
P2chat.com 7
5. Sutilmente, faça com que a nota encaixe no espaço formado pelos dois cartões
colados. Nesse momento, quem observa a mágica tem a ilusão de que a nota acabou de
ser perfurada.
P2chat.com 8
6. Simule então que irá rasgar a nota. Faça isso passando o cartão do centro da nota até a
sua extremidade.
7. Guarde o cartão no bolso, simule estar consertando a nota (uma vez que é crime
federal destruir cédulas de real!), e entregue-a para exame. Todos ficarão surpresos!
DICAS E MACETES
• Ao invés do cartão telefônico ou da carta de baralho, você poderá utilizar
também um estilete, desses vendidos em papelaria. Você apenas vai precisar
prepará-lo de modo a ter metade de uma lâmina colado junto à lâmina
principal. A junção pode ser feita também com fita dupla face, no lado
próximo ao cabo.
• Com a prática (mas com muita prática mesmo!), os cartões não precisam ser
colados com fita, mas apenas seguros pelos dedos indicador e polegar. Isso
facilita o final do ato mágico, onde tanto cédula quanto cartão poderão ser
dados para exame, escondendo-se apenas o cartão cortado ao meio.
• Nunca diga a ninguém o que irá fazer ou qual o efeito da mágica. A surpresa
faz a ilusão ficar mais bonita, além de colaborar para o êxito da sua
apresentação.
• Treine muito bem antes de qualquer apresentação para evitar falhas e para
dominar por completo todos as etapas do ato mágico. Utilize um espelho para
observar seus movimentos, que devem ser o mais natural possível.
• Nunca revele o segredo a ninguém (para não quebrar o encantamento!).
• Boa sorte, e bom divertimento!
P2chat.com 9
PIPOCA MÁGICA
EFEITO
Uma espiga de milho estoura pelo mágico quando ele pede para acontecer.
ITENS USADOS
Uma espiga de milho. Uma pipoca. Uma bolha cortada de uma folha de bolhas pequena. Fita
adesiva dos dois lados.
Somente uma bolha é cortada de um papel de bolhas. Procure a melhor bolha para estourar.
PREPARAÇÃO
Corte um pedaço de fita adesiva do mesmo tamanho da bolha e cole atrás da bolha. Então
coloque a bolha à direita abaixo do polegar. Ponha a pipoca no dedo mindinho da mão
esquerda, enrole a pipoca com o dedinho. Ponha a espiga de milho entre o polegar e o
indicador da mão esquerda.
A bolha é escondida na mão direita sendo presa abaixo do polegar como mostra a figura acima.
COMO FAZER
Transfira a espiga de milho à direita entre o polegar e o indicador e então derrube na mão
esquerda e cuidado para não mostrar a pipoca escondida.
A espiga de milho fica escondido na mão esquerda entre o polegar e o indicador.
P2chat.com 10
Com a esquerda primeiro e depois com as pontas do dedo trabalhe com a espiga de milho
empalmando com o dedo polegar da esquerda onde pode ser completamente escondido pela
carne devido ao pequeno tamanho de uma espiga de milho.
O dedo do meio estoura a bolha.
Estenda o dedo indicador da direita e balance em cima do punho esquerdo como uma varinha
mágica. Você está em posição de apertar e estourada a bolha com seu dedo do meio. Isto
provê o som estourando.
Abra a mão esquerda e deixe a pipoca cair na palma da mão e diga, "Cuidado, está quente!".
A mão esquerda é aberta e revela a pipoca, a espiga de milho fica escondida entre o dedão e o
indicador.
LEVITAÇÃO DO PALITO DE FÓSFORO
EFEITO
Pegue uma carta de baralho e peça um fósforo emprestado. O fósforo então é colocado em
cima da carta. Lentamente, o fósforo começa a levitar cerca de uns 2 a 3 cm por cima da carta.
Uma outra carta é passada por baixo do fósforo para mostrar que nada há por baixo. Tudo é
feito na frente do espectador.
ITENS USADOS
Duas cartas, Um palito de fósforo, e um pedaço de fio de meia calça.
COMO FAZER
Para fazer este truque é necessária uma carta preparada. Para prepará-la você vai precisar de
uma meia calça. Desfie uma meia calça até Ter aqueles mínimos fios e cole na carta como na
figura passe varias vezes em volta da carta.
P2chat.com 11
Coloque o palito de fósforo em cima e de uma leve entortada na carta para cima e verá que o
palito flutuará em cima da carta.
Para um melhor efeito passe uma outra carta por baixo, para mostrar que não tem nada
segurando o palito de fósforo.
P2chat.com 12
A foto abaixo mostra como fica o palito com os fios.
ROUBANDO O RELÓGIO
EFEITO
O Mágico tenta realizar um truque com o espectador e não consegue. Porém quando todos
estão decepcionados pelo fracasso do mágico, ele se despede devolvendo o relógio do
espectador. Isso mesmo o próprio relógio que instantes atrás estava no pulso do espectador.
PREPARAÇÃO E SEGREDO
1) Para executar este belíssimo truque você precisará de uma boa conversa e um pouco
de habilidade.
2) Uma técnica antiga, mas que até hoje é bastante utilizada é empregada neste truque:
“Poder de sugestão”. O mágico solicita algum espectador da platéia (você deverá chamar
uma pessoa que esteja usando um relógio de pulso) e diz que vai fazer uma mágica com
ele.
3) Você entrega uma bolinha ou um outro objeto pequeno e pede que ele coloque na
palma da mão e feche bem. Neste momento você pede que a pessoa concentre-se e diga
que este truque só dará certo se o espectador realmente acreditar em magia. O mágico
P2chat.com 13
então diz que o objeto que está na sua mão teletransportará para a outra mão. Segure nos
pulsos do espectador e mantenha a linha da conversa.
4) Neste momento você aperta o pulso do espectador e movimenta os braços do
espectador para um lado e para o outro. Neste instante com todo aquele clima de
concentração você vai tirando o relógio do espectador (perceba que você somente utilizará
uma das mãos para fazer isso). Posicione o dedo polegar do lado externo e os demais
dedos do lado interno do pulso do expectador. Com o dedo médio, puxe a pulseira até que
ela se solte da presilha. Ao soltar, continue apertando o pulso com o dedo polegar e o
indicador e com os demais dedos segure a pulseira e puxe, soltando-a da “fivelinha”.
Neste momento o relógio já estará solto. Isto requer um pouco de treino, mas não é nada
difícil. Você estará apertando os pulsos dos dois braços e conversando durante o ato de
retirar o relógio.
5) Com todo este clima, e você desviando a atenção de todos para um outro fato
(transportar o objeto de uma mão para outro) o espectador não irá perceber a sua
verdadeira intenção. Ao retirar o relógio, traga-o na sua mão, fechada, até o bolso,
alegando que você está pegando uma nova bolinha, pois você vê a possibilidade de
transportar não só uma, mas duas bolinhas de uma só vez de uma mão para outra.
6) Imagine só o clima que o mágico criou. Todos estão super concentrados naquilo que
você propôs a fazer. Coloque então a segunda bolinha nas mãos do espectador e o
“enrole” por mais alguns segundos. Após isto, peça para que ele abra as mãos para ver se
o teletransporte ocorreu.
7) Todos então ficam decepcionados pelo fato de não ter dado certo, porém ao pedir
desculpas e se despedir, você retira do seu bolso o relógio e o entrega ao seu dono. Todos
ficarão surpresos e estáticos, não acreditando no que está acontecendo.
LEVITAÇÃO DA CÉLULA
EFEITO
O Mágico apresenta ao público duas cédulas de dinheiro na palma da mão. Após concentrarse,
o Mágico faz com que a cédula que está por cima comece a levitar, isso mesmo ela
simplesmente começa a subir sozinha. O Mágico então para comprovar que não há nada por
baixo, pega a outra nota e passa por baixo da cédula que se encontra suspensa. Após isto, o
Mágico ordena que a Cédula desça. Tudo ocorre de forma sutil e sem movimentos suspeitos.
O público não acredita naquilo que está acontecendo...
PREPARAÇÃO E SEGREDO
1) Para executar este belíssimo truque você precisará de uma cédula de dinheiro presa
por uma paleta flexível plástica (transparente) fixada no centro da nota.
2) A Paleta mede aproximadamente 12cm de comprimento e é fixada no centro da nota
através de uma cola ou mesmo uma fita. Coloque uma nota comum por baixo e a nota
preparada por cima, como mostra a figura.
P2chat.com 14
3) Para facilitar a confecção da paleta, recorte um pedaço de uma capa de uma pasta de
plástico, dobre-a para reforçar e firme com fita adesiva, formando um plástico
reforçado e flexível.
(Paleta plástica no detalhe. Para melhor visualização foi
utilizada uma paleta de cor azul, porém ela deve ser branca e transparente).
(Nota preparada por cima e nota comum em baixo).
4) Sutilmente, sem que ninguém perceba, aperte a paleta (utilizando os dedos polegar e
mínimo) fazendo com que a nota suba. Neste momento, finja estar concentrado e com
a mão esquerda faça movimentos pedindo à cédula que suba.
(Ao fazer pressão na paleta, a nota subirá, perceba que a nota não
mais encosta na mão do mágico)
(Outra visão da cédula suspensa)
(Visão do espectador)
5) Quando a cédula estiver totalmente suspensa, pegue a cédula de baixo com a outra
mão e passe por baixo da cédula preparada, em vários locais, dando a impressão de
que não há nada por baixo.
P2chat.com 15
(A cédula comum é passada no centro)
(A cédula comum é passada nas laterais)
6) Agora volte a cédula comum para a posição inicial e ordene que a outra cédula desça.
Lentamente você tira a pressão sobre a paleta e faça com que ela volte à posição
inicial.
7) Pronto, o público fica atônito, não acreditando no que acabara de ver. Dobre as notas e
as coloque no bolso, com toda a naturalidade. Agora é só receber os aplausos.
NOTA FINAL
Toda vez que falamos em levitação, o público já fica ansioso, aguardando a realização do
efeito. Isto é uma vantagem, pois o público quer que aquilo seja verdade, que aquilo
realmente aconteça. A impressão que eles terão de que a nota realmente está flutuando
deixarão todos de boca aberta. Aproveite bem este truque, saiba como usá-lo e sua reputação
como mágico estará garantida.
ENTORTANDO UMA COLHER COM O PODER DA MENTE
EFEITO
Um truque de mentalismo fantástico. O mágico mostra uma pequena colher aos espectadores.
Em seguida, o mágico se concentra e a colher suavemente começa a entortar. No final do
truque o mágico entrega a colher torta para todos examinarem.
PREPARAÇÃO E SEGREDO
1) Para executar este belíssimo truque você irá precisar de uma colher torta e um cabo de
colher.
2) Coloque a colher entre o dedo indicador e o polegar (mão esquerda), de modo que o
cabo da colher inteira fique oculto ao público.
P2chat.com 16
3) Em seguida coloque o cabo (gimmick) por cima da concha da colher, firmando o
mesmo com os dedos indicador e polegar. Note pelas próximas fotos que o expectador terá a
nítida impressão de que você está mostrando somente uma colher normal.
4) Com a colher pronta para começar o truque, chame atenção de todos e diga a eles que
você tem poderes de mentalização, capaz de entortar uma colher. Comece a se concentrar
e vagarosamente solte o cabo (gimmick) para que ele caia sobre o cabo da colher inteira.
Faça isso suavemente.
P2chat.com 17
5) Assim que o cabo (gimmick) estiver sobre o cabo da colher verdadeira puxe a colher
com a outra mão (mão direita), retirando-a da mão esquerda. Prenda o gimmick com o
dedo indicador, deixando a mão sempre bem aberta para que ninguém perceba que você
está com algo na mesma.
6) Agora é importante: Assim que retirar a colher, dê-lhe uma sacudida (suave) dizendo
que ela está entortando um pouco mais. Neste momento aproveite para colocar o gimmick
no bolso ou em outro lugar de modo a ficar oculto. Lembrando mais uma vez, a mão que
está o gimmick fica sempre bem aberta (o gimmick fica prezo com o dedo indicador e o
gesto de esconde-lo é feito de forma bem natural, devagar, enquanto você sacode a colher
que está na outra mão. O expectador estará tão impressionado que não irá notar que você
está guardando o gimmick)
7) Pronto, agora você dá a colher torta aos espectadores para que eles possam examiná-la

Aprenda fazer Simbolos com Códigos Alt +



Alt + 1= ☺
Alt + 2= ☻
Alt + 3= ♥
Alt + 4= ♦
Alt + 5= ♣
Alt + 6= ♠
Alt + 7= •
Alt + 8= ◘
Alt + 9= ○
Alt + 10= ◙
Alt + 11= ♂
Alt + 12= ♀
Alt + 13= ♪
Alt + 14= ♫
Alt + 15= ☼
Alt + 16= ►
Alt + 17= ◄
Alt + 18= ↕
Alt + 19= ‼
Alt + 20= ¶
Alt + 21= §
Alt + 22= ▬
Alt + 23= ý
Alt + 24= ↑
Alt + 25= ↓


Alt + 26= →
Alt + 27= ←
Alt + 28= ∟
Alt + 29= ↔
Alt + 30= ▲
Alt + 31= ▼
Alt + 32=
Alt + 33= !
Alt + 34= "
Alt + 35= #
Alt + 36= $
Alt + 37= %
Alt + 38= &
Alt + 39= \'
Alt + 40= (
Alt + 41= )
Alt + 42= *
Alt + 43= +
Alt + 44= ,
Alt + 45= -
Alt + 46= .
Alt + 47= /
Alt + 48= 0
Alt + 49= 1
Alt + 50= 2
Alt + 51= 3
Alt + 52= 4
Alt + 53= 5
Alt + 54= 6
Alt + 55= 7
Alt + 56= 8
Alt + 57= 9

Parapsicologia



O que é o homem?.................................................................................................................5
Primeira parte - Parapsicologia hoje......................................................................................8
I - O que é Parapsicologia..................................................................................................8
II - A história de PSI........................................................................................................11
III - Cv -A visão sem olhos..............................................................................................15
IV - Tp - A linguagem da mente......................................................................................20
V - Peg - O domínio do tempo........................................................................................26
VI - Pk - A mecânica da vida..........................................................................................33
VII - Tt - Janela do infinito..............................................................................................39
VIII - Mec - Mergulho no passado..................................................................................41
IX - GI - Gravação do inaudível......................................................................................48
A Física Descobre A Fonte do Paranormal.................................................................50
X - Pesquisas e controle..................................................................................................53
XI - Hiperestesia e hipermnesia.......................................................................................58
Segunda parte - Parapsicologia amanhã..............................................................................64
I - Palingenesia: síntese dialética.....................................................................................64
II - O processo palingenésico..........................................................................................66
III - Da profecia à precognição........................................................................................68
IV - Imanência e transcendência.....................................................................................70
V - Razão da dialética palingenésica...............................................................................72
VI - Carington e a Parassociologia..................................................................................74
VII - Implicações sociológicas........................................................................................76
VIII - PSI e as transformações sociais.............................................................................78
IX - PSI e a revolução cristã............................................................................................81
X - PSI e a civilização do espírito...................................................................................83
XI - PSI e o desenvolvimento moral...............................................................................85
XII - PSI e o problema da crença....................................................................................87
XIII - PSI e o realismo.....................................................................................................89
XIV - PSI na medicina....................................................................................................91
XV - Parapsicologia e espiritismo...................................................................................93

XVI - Os padres mágicos................................................................................................96
ÍNDICE BIBLIOGRÁFICO..............................................................................................101
VOCABULÁRIO..............................................................................................................102
CONTRACAPA................................................................................................................104
O que é o homem?
A pergunta "O que é o homem?" abre esta edição porque corresponde precisamente A. encruzilhada a que a Parapsicologia chegou neste momento. A investigação dos fenômenos parapsíquicos revelou à Ciência um homem de novas dimensões. As duas linhas clássicas de interpretação antropológica — ou as diversas Antropologias a que se refere Rhine — encontraram a sua superação dialética na síntese do homem-psi.
Tínhamos de um lado a tese do homem espiritual e de outro a antítese do homem animal. As concepções religiosas em geral ofereciam-nos a perspectiva de uma Antropologia espiritualista. As concepções científicas reduziam essa perspectiva às limitações de uma Antropologia materialista. Mas o avanço das próprias pesquisas científicas levou o dilema espiritualismo-materialismo à solução que hoje se impõe em todos os campos do conhecimento, particularmente na própria Física. E claro que a Psicologia, sujeita aos postulados físicos como todas as demais disciplinas científicas, não poderia escapar às conseqüências desse processo. O homem-psicológico não pôde mais ajeitar-se na rede animal do sensório. Teve fatalmente de se abrir no extra-sensório, como o Universo físico se abriu no energético.
O homem-psi é a réplica do novo microcosmo ao novo macrocosmo. Em vão reagem — e reagirão ainda por algum tempo — certas áreas psicológicas a essa transformação radical do seu campo de estudos. O homem-psicológico moderno está irremediavelmente superado pelo
homem-psi contemporâneo, da mesma forma que o Universo físico foi superado pela nova concepção do Universo energético. Pode-se alegar, como o faz Bertrand Russell, que a energia é também um conceito físico. Mas pode-se responder, com Arthur Compton, que o conceito de energia mudou e mudará ainda mais.
Ao superar o conceito do homem-psicológico, o novo conceito de homem-psi não destrói aquele: apenas o amplia. E o mesmo que se dá no tocante ao conceito de Universo, bem como aos seus corolários de matéria e energia. O conhecimento avança por degraus, é a subida por uma escada. Só os precipitados pretendem negar inteiramente o passado, esquecidos de que as conquistas recentes se apóiam nas anteriores.
A nova concepção do homem não é materialista nem espiritualista, mas as duas coisas ao mesmo tempo. Segundo a bela expressão de Rhine, o repúdio ao dualismo cartesiano, decorrente do exagero que se pode chamar de dualismo-absoluto, desaparece ante a demonstração científica da existência universal de um dualismo-relativo. Esse novo dualismo aparece no homem como a relação

A Evolução Anímica




SUMÁRIO: Estudo da vida. - Destruição orgânica. - Criação orgâ­nica. - Propriedades gerais dos seres vivos. - Condições gerais de manutenção da vida. - A umidade. - O ar. - O calor. - Condições químicas do meio. - A força vital. - Por que se mor­re. - A utilidade fisiológica do perispírito. - A idéia diretriz. - O funcionamento do organismo. - O papel psicológico do peris­pírito. - A identidade. - O sistema nervoso e a força nervosa ou psíquica. - Resumo.

Segredos do Windows





JPG Campanha Amarela 250x250Windows Segredos não revelado

Há Muito tempo venho juntando truques e Segredos, as informações que você raramente acharia tudo Junto e Organizado em uma única Página. Para você ler este tutorial completamente você precisa ter uma compreensão básica do Registro de Windows, como quase todos os Truques e Segredos deste Tuto.
Nota importante: Antes de você prosseguir lendo, você precisa se lembrar de uma coisa. Sempre que você faz mudanças no Registro de Windows você precisa dar Refresh antes que as mudanças aconteçam. Simplesmente aperte F5 para dar refresh para o registro habilitar as mudanças. Se isto não acontecer Reinicie o PC...

>>WINDOWS DESLIGANDO RAPIDAMENTE<<.
Normalmente demora Muito tempo para Desligar o Windows, você tem que mover o Mouse ao Botão iniciar, dar um click, ir em desligar o Computador, e depois escolher a opção desejada. O processo inteiro pode ser encurtado criando atalhos na área de Trabalho que desligará o Windows só com um click. Comece criando um novo atalho (click com o botão direito do mouse> Novo> Atalho). Então na caixa da linha de comando, digite o código abaixo (sem as aspas.)
'C:\Windows\rundll.exe user.exe, exitwindowsexec'

Dicas para blogueiros



Fisher-Price 250x250

Uma dica pra você blogueiro!!! quando colocar alguma url em seu blog use essa dica.

Coloque o link entre as tags:

<a href="aqui vc coloca o link" target="_blank">Nome do Link</a>

target="_blank" é o que faz abrir em outra página.

O que significa yoga?








Ioga (em sânscrito e páli IAST: yóga, AFI: [joːgə]) é um conceito que se refere às tradicionais disciplinas físicas e mentais originárias da Índia.A palavra está associada com as práticas meditativas tanto do budismo quanto do hinduísmo. No hinduísmo, o conceito se refere à uma das seis escolas (āstika) ortodoxas da filosofia hindu, e à sua meta rumo ao que esta escola determina como suas práticas.
Os principais ramos do ioga incluem a raja-ioga, carma-ioga, jnana-ioga, bacti-ioga e hata-ioga. O Raja Yoga, compilado nos Ioga Sutras de Patanjali, e conhecido simplesmente como ioga no contexto da filosofia hinduísta, faz parte da tradição Samkhya.Diversos outros textos hindus discutem aspectos da ioga, incluindo os Vedas, os Upanixades, o Bagavadguitá, o Hatha Yoga Pradipika, o Shiva Samhita e diversos Tantras.